segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Uns rap nacional que foram presente de natal

(finalzin de novembro e dezembro)
Parece que esse final de ano o Brasil todo decidiu me dar pedras pra montar um puta castelo. É cada som que sai que me deixa zonza.

1- Froid e Djonga - A Pior Música do Ano


Que esse tal de Froid abalou as estruturas de todos os rapeiros em 2k16 não é novidade pra ninguém, mas essa participação fez dA Pior Música do Ano a número 1 nessa listinha.
Letra e flow pesadíssimos, e o beatzinho nunca decepciona, básico porém bem produzido. 


2- Lívia Cruz - Ordem na Classe


Nossa tia chegou com esse trap boladíssimo pra dizer que o choro é livre. O flow da Lívia e a produção do Leo tornaram a qualidade dessa música inquestionável.


3- 3030, Froid e Rodrigo Cartier - Atemporal


Acho que essa música trás um peso muito sutil.


4- Rashid - PrimeiraMente


Não sei. Fiquei tão envolvida no contexto que não prestei atenção no resto. Mas também acho desnecessário dizer quando tu pode ouvir essa puta ideia foda.


5- Flora Matos - Igual Manteiga


Pois um ano sem lovesong de Flora Matos é um ano perdido. Vocês já conhecem a Flora e o beat do Lotto. 




*** agradecimento bobo ao meu pretinho que me ajudou nessa listinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário