domingo, 23 de outubro de 2016

auto-conhecimento-suficiência

No geral não estamos acostumados a estar sozinhos. Sempre precisamos com quem desabafar, rir, etc. Precisamos de ajuda pra lidar com tudo que sentimos. Não é natural do ser humano lidar de boa com a condição de se ver sozinho. Nosso instinto é procurar alguém, e por vezes nos submetemos a relacionamentos prejudiciais só pra ter alguém do lado. É uma relação de dependência. E não é preciso ir muito longe pra saber que depender de alguém é sempre muito ruim. Quem dirá depender de alguém pra ficar bem consigo mesma.

Acontece que, ficar sozinho é aprender a lidar consigo. É conhecer como e o que você é. É aprender a se amar e a se respeitar. Em resumo, é uma das melhores coisas que você pode fazer por você. E com certeza vai mudar a sua relação com o mundo pra melhor.
Mas como ficar na própria companhia?



Bem, você pode começar, dedicando mais tempo pra refletir sobre a sua vida. Não precisa realmente separar uma hora da sua rotina pra isso, apenas aproveite o tempo que for dado. Aquelas 1 hora no busão, ou aquelas 2 horas esperando o médico. Aquele almoço que você acaba sentando sozinha, ou o tempo que você fica deitada antes de dormir. Pensa no que você tá fazendo da sua vida. Tá legal? Tá gostando? O que você pode fazer pra melhorar? O mais importante: você tá internamente bem?
Isso ajuda a tomar decisões próprias, estritamente pessoais. Você traçará um plano de melhora na sua cabeça que só você pode realizar. Isso é um belo passo pra não precisar de um conselho a cada pequena etapa que você passa. Tenha a você mesma como consultora da sua vida, ninguém sabe melhor dela do que você.

Em segundo lugar, se dedique as coisas que realmente importam. Aquilo que tentamos alcançar, aquilo que estamos buscando. Muda de tempos em tempos, mas sempre tem algo. É tentando chegar nesse algo que nos perdemos e precisamos de orientação. Mas se você simplesmente se dedica a esse algo, você não se perde. É claro que você não precisa ficar obcecada. Apenas faça o que te faz e fará bem. Inclui futilidades, inclui coisas sérias.

Aprenda a se amar. Claro, isso inclui o corpo físico: compre roupas em que você se sente bonita, faça coisas em que você se sente bonita. Se você se sente bonita naquela roupa velha de ficar em casa, ótimo. Se admire em frente ao espelho enquanto estiver usando ela. Mas principalmente, ame o seu interior. Se elogie internamente. Elogie sua humildade, seu altruísmo, sua compreensão, seu bom-humor. As pessoas (em especial mulheres) tem uma visão distorcida de que é errado reconhecer as próprias qualidades quando definitivamente não é. Isso vai te ajudar a ver que você é auto-suficiente.

Com o tempo, desfrutar da sua companhia vai deixar de ser um saco. E quando você perceber que só quem vai te entender 100% é você, vai amar beber vinho sozinha as 1h da manhã - como eu estou fazendo agora. Ficar sozinho é liberdade também. E mais que isso, saber lidar com a sua vida é essencial. Você se fortalece, se sente melhor, e enfim. Eu não tenho palavras pra descrever, me foge a expressão. Espero que funcione pra vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário