domingo, 1 de maio de 2016

especial 20ºC no RJ - minha bad, músicas para chorar

Faz frio no Rio e essa playlist veio à calhar.
Minha semana foi de chororô. Amor... mas tristeza também.
E nessa vibe, na falta de conteúdo e criatividade, decidi compartilhar minhas músicas oficiais para bad.
É uma playist pessoal, mesmo assim, espero que gostem.
(vale ressaltar que elas não estão em ordem de intensidade, mas conforme eu vou lembrando mesmo hahahah)

01. Thiago Pethit - Forasteiro

Eu conheci o Thiago Pethit sabe-se lá Deus como, mas foi em 2013. Nessa época minha vida tava uma bagunça, e todas as minhas bads eram daquelas com sorrisos seguidos de choro. Foi quando eu descobri a depressão, também.
Essa música bate tão forte... ela é intensa mas sutil, quando se vê ela já tomou conta de você. Totalmente chorosa e envolvente, do jeitinho que eu gosto! E todas as músicas passam esse sentimento... então se gostou dessa, ouça o resto. 

02. Tiê - A noite


Essa música deve ser tão comum para bads que eu tô com um pouco de vergonha de botar ela aqui, tipo, óbvio! Mas também inevitável. Essa música é tem tanto da minha história pessoal que é impossível não incluí-la. Também é do tipo que me dá bad instantânea ao ouvir. E linda, e... ah...

03. Cícero - Ensaio sobre ela



Essa é mais uma das que devem ser internacionalmente for bads. Mas como todas aqui, tem peso emocional, pessoal, intenso e... bem, ela também é de 2013. O ano mais conturbado, bonito, e decisivo da minha breve vida até agora. Essa música é da bad de uma amiga, que na época, era a minha melhor. A gente convivia tipo... todos os dias da semana, a maior parte do dia. Ok, exceto domingo. Ela me mostrou a beleza dessa música, e agora não sei explicar como não vi antes. É mais linda do que triste, mas acontece muito comigo dessas duas coisas se confundirem, então...

04. The Smiths - Asleep


Eu já AMAVA Smiths quando li As Vantagens de Ser Invisível. Mas ao terminar a leitura, passei a amar o livro e essa música. O livro tem uma história triste e tensa. Mas o que encanta mesmo é o protagonista, que combina todas as coisas que me fazem chorar: ele é encantado com tudo, sensível, ingênuo, sofrido,... amável! É óbvio que é impossível eu não amar uma música que ele ame. 

05. Marcelo Camelo - Vermelho


Confesso estar imensamento surpresa dessa música não ter ficado em primeiro nessa lista. É engraçado como quando listamos coisas, descobrimos muito também. Fico feliz, porque isso me remete à um pouco de superação dos traumas da vida também, hahah. Enfim, essa música pede história? Pede. E dá um ritmo pra ela. Um ritmo nostalgicamente triste. Te trás lembranças felizes, entende? Que nem sempre tem um final semelhante. Bom, Marcelo Camelo é um mestre no que diz respeito a ser loser, isso você não pode negar. (perdoa o trocadilho).

obs.: - para não floodar com Camelo - "Janta" e "Pois é" também se encaixam perfeitamente nesse post.

06. Vanessa da Mata - Amado



Eu não sou de ouvir Vanessa da Mata e se quer tinha reparado na genialidade dessa mulher até ouvir essa música. É mais amor do que tristeza, mas entra nessa playlist com certeza. (reza a lenda que quando as coisas rimam, elas tão certíssimas)
Ah, também aposto que a maioria das pessoas vai se surpreender, já que muito provavelmente você conhece essa música (e até sabe cantar!) mas nunca tinha parado pra prestar atenção DE VERDADE nela.

07. Radiohead - Fake Plastic Trees


Quero dizer que essa música é o prego que faltava pro meu caixão ser fechado. A essa altura do post que eu já to acabada, gente. (tô ouvindo as músicas).
Bem, é Radiohead! Se você conhece a banda, dizer isso basta. Se não, ouvir essa música vai explicar tudo. 
Se tenho um pedido na vida, é que as pessoas leiam a tradução e interpretem essa música. Pode ser que no início você ache que a magia dela está na voz triste e no ritmo triste, mas é muito mais que isso! É linda, e me arrisco a dizer que a mais triste da lista.

obs.2: Creep, Paranoid Android e No Surprises também são uma boa pedida para uma boa bad 

09. Rubel - Nuvem



Rubel, como bom indiezinho nacional, tem esse violão que parece literalmente chorar. Essa voz que faz a música entrar no coração. E essas letras que... dão a vez do choro pra gente. Essa música dele, em especial, não pode faltar na hora de abraçar o travesseiro. Ou simplesmente num dia de chuva. Pessoas distante que tentamos e tentamos alcançar, mas por algum motivo, elas estão sempre se afastando. Definindo assim, perde a profundida... ouça! 

10. A Banda Mais Bonita da Cidade - Uma Atriz


Eu não sei nem dissertar sobre essa música. Juro que tentei botar meu cérebro pra trabalhar mas nossa... impactante? tapa na cara? choro!


* acabou que eu decidi botar de corzinha o que é mais intenso. de nada. 

Agora me consolem, por favor! SÉRIO.


Um comentário:

  1. A eu adorei de verdade esse post, adoro conhecer novas músicas e parabéns pela escolha de cada uma das músicas, de muito bom gosto e adorei a vibe de todas. Já vou anotar aqui algumas que eu não conhecia! Adoro o blog sucesso <3

    ResponderExcluir